13 Oct
Revista Sociedade e Estado: Guerra fiscal na federação brasileira
Lido 494 vezes | Publicado em Novidades | Última modificação em 13-10-2017 21:22:41
 
tamanho do texto reduzir tamanho do texto aumentar tamanho do texto
Qualifique este item
(0 votos)

A Revista Sociedade & Estado, editada pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília (UnB), divulga a sua nova edição v. 32, n. 2 de 2017, que traz entre os destaques o artigo "Guerra fiscal na federação brasileira: a contribuição das abordagens da Sociologia Econômica", de autoria de Luciléia Aparecida Colombo.

Segundo os professores Lourdes M. Bandeira, Ana Cristina Murta Collares e Joaze Bernardino-Costa, que assinam o Editorial, a nova edição de Sociedade & Estado apresenta nove artigos de fluxo contínuo e uma nota de pesquisa, além de duas resenhas e dos usuais resumos de teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UnB.

"O que se notabiliza neste número é a amplitude e variedade de temas tratados. O/A leitor(a) se deparará com discussões sobre o pacto federativo brasileiro, a teoria social, o pensamento social brasileiro, o modelo de conservação do meio ambiente, a política assistencialista neoliberal, a violência, a memória etc. Não bastasse a diversidade temática, a edição também traz contribuições de autores e autoras de diferentes universidades brasileiras do Sul, Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste, bem como contribuições inéditas de pesquisadores chilenos e portugueses, confirmando a contínua internacionalização da revista", apontam os editores.

Guerra Fiscal. O primeiro artigo do fluxo contínuo, de autoria de Luciléia Aparecida Colombo, professora da Universidade Federal de São Carlos, dedica-se a um tema caro à política contemporânea brasileira, “a guerra fiscal”. À luz da sociologia econômica, a autora descreve este fenômeno da política brasileira tendo como pano de fundo o pacto federalista brasileiro, destacando condicionantes da referida guerra que vão além de uma análise centrada na ideia de um agente econômico racional. Entre outras conclusões do artigo, a autora chama a atenção para a ausência de instituições adequadas para o desenvolvimento regional, o que gera uma guerra entre as unidades da federação, esgarçando possibilidades de cooperação entre os estados brasileiros.

Acesse a nova edição da Revista Sociedade & Estado.

 

 



Etiquetado como:
O laboratório da Coordenação Nacional da Rede INCT Observatório das Metrópoles está temporariamente fechado, por conta do incêndio ocorrido, no começo de outubro, no Prédio da Reitoria da UFRJ.

Pedimos que os contatos sejam realizados pelos seguintes e-mails:

Elizabeth Alves
beth@observatoriodasmetropoles.net

Assuntos administrativos

Karol de Souza
karol@observatoriodasmetropoles.net

Assessoria de Comunicação

Breno Procópio
comunicacao@observatoriodasmetropoles.net

Assuntos Acadêmicos

Juciano Rodrigues
juciano@observatoriodasmetropoles.net