02 May
InDebate ⎮ A financeirização das políticas públicas e da gestão das cidades
Lido 2214 vezes | Publicado em Novidades | Última modificação em 02-05-2017 18:52:33
 
tamanho do texto reduzir tamanho do texto aumentar tamanho do texto
Qualifique este item
(1 vote)

“O arranjo territorial de nossas cidades e os modelos de governança local estão, ambos, diretamente relacionados à intensificação de processos de neoliberalização em escala global. A hegemonia do empresariamento urbano, ao mesmo tempo em que estrutura as condições de acumulação do capital, reproduz modelos de desenvolvimento econômico e modelos de urbanização cada vez mais excludentes. A financeirização, prática central entre as frentes de neoliberalização na política urbana, se caracteriza pela capacidade de transformar qualquer fluxo de rendimento em título para negociação e especulação”.

O trecho acima faz parte do artigo “A financeirização das políticas públicas e da gestão das cidades”, assinado por Daniel Medeiros, Thiago Canettieri e Lucca Mezzacappa — integrantes do blog InDebate, recém lançado pelo Grupo de Pesquisa INDISCIPLINAR, vinculado ao CNPq e sediado na Escolha de Arquitetura da UFMG.

A Rede Observatório das Metrópoles monitora o debate público relacionado às temáticas urbana e metropolitana — e também apoia iniciativas de comunicação que visem produzir informação qualificada para refletir sobre a vida nas cidades. O blog InDebate é um boa iniciativa para este ano de 2017 — vale a pena seguir seus posts!!

INDEBATE

O InDebate é um blog para divulgação de ideias, posições políticas, pesquisas científicas, não-científicas e anti-científicas, com o objetivo de propor discussões sobre a construção do espaço na atualidade. Buscamos assim promover uma descentralização do saber acadêmico a partir da divulgação de nossas pesquisas em linguagem jornalística, que possa traduzir o conhecimento complexo e erudito produzido na academia para uma linguagem mais cotidiana, acessível e útil à todas e todos que lutam pelos direitos urbanos, humanos e sociais.

Considerada a importância dos processos de globalização e a produção biopolítica nas/das metrópoles como constitutiva do espaço social, o InDebate reflete os questionamentos levantados pelo grupo em seu processo de construção de saberes que articulem indissociadamente teoria e prática.

As Frentes de Ação, que compõem os projetos de pesquisa e extensão do grupo Indisciplinar, possuem destaque neste blog que pretende adotar um claro recorte político destituinte da razão neoliberal do mundo, que tem sido plataforma ideológica para produção do vasto urbanismo neoliberal que invade corações, mentes e cidades. Também aposta-se em processos constituintes de novos espaços e políticas engendrados pela coletividade cidadã e pela produção do comum-público urbano incorporando a luta de classe (hoje globalizada) e muitas outras formas de exclusão social como o racismo ou o machismo.

A proposta do InDebate ancora-se na importância dada pelo grupo às ações tecnopolíticas e  na produção de tecnologia social objetivando tornar este blog mais uma ferramenta tecnopolítica do grupo para atuar em rede com as resistências emergentes nas lutas urbanas do cotidiano e faz parte também do conjunto de ações vinculadas ao Programa IndLab – Laboratório Nômade do Comum e ao INCT – Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – vinculado ao Grupo Indisciplinar denominado Tecnopolíticas: territórios urbanos e redes digitais.

 

 


Acesse o artigo “A financeirização das políticas públicas e da gestão das cidades” no site do InDebate.

 

 



Etiquetado como: