02 Mar

Cidadania metropolitana: mais capacidade de planejamento às prefeituras

O fortalecimento da gestão urbana dos municípios é uma meta fundamental do Observatório das Metrópoles, visto que a fragilidade das prefeituras é um dos principais entraves às políticas urbanas sustentáveis e promotoras de justiça social. Com esse intuito o Observatório coordenou o projeto Rede de Avaliação e Capacitação para a Implementação dos Planos Diretores Participativos, de avaliação dos Planos Diretores e capacitação de agentes do poder público e atores da sociedade civil para a implementação de Planos Diretores, fortalecendo a capacidade de gestão municipal. O portal do Observatório disponibiliza para download o livro Planos Diretores Municipais Pós-Estatudo da Cidade: Balanço Crítico e Perspectivas.

Os resultados, tímidos, apontam um grande desafio: segundo a Rede, a elaboração dos Planos, pós-Estatuto das Cidades, constitui-se ainda como um processo de múltiplos aprendizados – é necessário ampliar a compreensão sobre as dinâmicas das cidades e constituir e/ou fortalecer redes de articulação de atores sociais. Nos balanços temáticos apresentados pela Rede, abordando a acessos a terra urbanizada, à moradia, ao saneamento ambiental, à mobilidade, além das questões metropolitana e ambiental nos PDs, percebeu-se uma incorporação geral dos instrumentos previstos no Estatuto das Cidades, porém com pouca autoaplicabilidade. Nas ações de capacitação, a partir do segundo semestre de 2009, foram realizadas mais de 50 oficinas, em quase todos os estados da Federação.

A constituição da Rede foi uma experiência inovadora no campo das pesquisas científicas, com a participação múltipla de representantes de segmentos sociais heterogêneos – associações profissionais, organizações não-governamentais, sindicatos, associações empresariais, entidades acadêmicas, movimentos populares e poder público, devido ao acompanhamento do Conselho das Cidades, vinculado ao Ministério das Cidades. O trabalho coletivo, que envolveu centenas de pessoas, está registrado no livro Planos Diretores Municipais Pós-Estatuto da Cidade: Balanço Crítico e Perspectivas.

O livro foi lançado no Seminário Nacional - 10 Anos do Estatuto da Cidade: avanços e desafios da política urbana brasileira, que aconteceu de 21 a 23 de fevereiro de 2011, em São Paulo. O Seminário foi promovido e organizado pelo Instituo Pólis, Observatório das Metrópoles, Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR/UFRJ), Ministério das Cidades e a  Rede de Avaliação e Capacitação para a Implementação dos Planos Diretores.

O objetivo geral do encontro foi debater os avanços nas trajetórias recentes de implementação do Estatuto da Cidade e as perspectivas para o fortalecimento do planejamento e da gestão urbana no Brasil - a partir dos resultados do projeto Rede Nacional de Avaliação e Capacitação para a Implementação dos Planos Diretores Participativos. Este projeto desenvolveu uma pesquisa sobre os conteúdos dos planos diretores participativos produzidos e aprovados após o Estatuto da Cidade (Lei Federal no 10.257/01),  além da capacitação de diversos atores para a implementação dos planos diretores. O Seminário Estatuto da Cidade + 10 anos, diga-se de passagem, encerrou o processo de pesquisa, apresentando e problematizando seus resultados, contando com cerca de 250 participantes.

O encontro contou com a presença de Luiz César Q. Ribeiro (IPPUR-UFRJ e Observatório das Metrópoles), Raquel Rolnik (FAU_USP e Relatoria Especial para o Direito à Moradia da ONU), Heloísa Costa (UFMG), Kazuo Nakano (Instituto Pólis), Orlando Santos Junior (IPPUR-UFRJ e Observatório das Metrópoles) entre outros.

Clique aqui e leia na íntegra o livro Planos Diretores Municipais Pós-Estatudo da Cidade: Balanço Crítico e Perspectivas, organizado por Orlando Alves dos Santos Junior e Daniel Todtmann Montandon.

Clique aqui e saiba mais sobre o projeto Rede de Avaliação e Capacitação para a Implementação dos Planos Diretores Participativos

O laboratório da Coordenação Nacional da Rede INCT Observatório das Metrópoles está temporariamente fechado, por conta do incêndio ocorrido, no começo de outubro, no Prédio da Reitoria da UFRJ.

Pedimos que os contatos sejam realizados pelos seguintes e-mails:

Elizabeth Alves
beth@observatoriodasmetropoles.net

Assuntos administrativos

Karol de Souza
karol@observatoriodasmetropoles.net

Assessoria de Comunicação

Breno Procópio
comunicacao@observatoriodasmetropoles.net

Assuntos Acadêmicos

Juciano Rodrigues
juciano@observatoriodasmetropoles.net