09 Sep

Expansão da Metrópole para além das Fronteiras da sua região: Continuidade ou Ruptura?

Nos dias 10 e 11 de setembro acontece, no auditório do IPPUR/UFRJ, o Seminário Internacional "A Expansão da Metrópole para além das Fronteiras da sua região: Continuidade ou Ruptura?" onde pesquisadores da América Latina - Argentina, Chile, Colômbia, México, Uruguai, Venezuela e Brasil - reúnem-se para dialogar e trocar experiências sobre estudos acerca da dinâmica da urbanização fora e dentro das metrópoles dos seus países e de suas interfaces.
Sem tratar-se de uma problemática propriamente nova, observa-se hoje um significativo aumento das preocupações com as transformações que surgem nas grandes cidades e regiões metropolitanas tanto na América Latina como no mundo inteiro. Multiplicaram-se os estudos não só dos mais diversos aspectos da dinâmica metropolitana como também as abordagens teóricas e metodológicas.

Em relação às metrópoles latino-americanas, podem-se identificar investigações voltadas:
- À influência da globalização ao processo de metropolização da região;
- Às modificações que ocorrem no interior de suas regiões metropolitanas;
- Aos diferentes determinantes que caracterizam essas mudanças como a re-estruturação produtiva, a descentralização econômica, os novos produtos oferecidos pelo mercado imobiliário, à mudança de padrões de crescimento populacional, etc.;
- Às novas formas da expansão da metrópole que amplia, permanentemente, a sua influência para além das suas tradicionais fronteiras regionais criando novas e mais extensas formas de segregação sócio-espaciais, e
- Ao surgimento de formas de ocupação espacial em áreas rurais dentro e fora das regiões metropolitanas a partir de uma articulação nova entre o urbano e o rural (“rururbano”).

No presente Seminário procura-se reunir autores de países latino-americanos de língua espanhola e portuguesa que trabalham essas questões e cujas abordagens permitirão um aproveitamento para a discussão de uma hipótese que surgiu a partir das nossas investigações acerca desses processos em relação à região metropolitana do Rio de Janeiro.

Tomando como referência o caso do Rio de Janeiro, questiona-se em que medida e até onde as transformações mais recentes nas regiões metropolitanas na América Latina realmente significam uma mera “extrapolação” – com mudanças talvez mais secundárias – da dinâmica metropolitana para áreas cada vez mais extensas no seu entorno. Isto é, se essa expansão continua sob a hegemonia da metrópole e tende a reproduzir e ampliar sua lógica para além de suas tradicionais fronteiras.

Ou, eis a nossa suspeita, se surgem indícios para formas de urbanização que geram novas oportunidades de articulação regional de municípios que ultrapassa sua tradicional mediação no âmbito da rede urbana e dá origem a um lugares relativamente independentes da metrópole que se encontram em áreas próximas (perimetropolitanas).

Para participar como ouvinte do evento, envie uma mensagem para o endereço: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , com as seguintes informações nome, instituição, formação e contato eletrônico. Em virtude da limitação de espaço físico do auditório, haverá um limite de inscritos. Assim, os interessados receberão uma mensagem de confirmação para sua respectiva participação.

Para mais informações, clique aqui.